Altaneira dá um importante salto para a preservação da memória cultural regional

Altaneira dá um importante salto para a preservação da memória cultural regional e para a produção de conhecimento das primeiras ocupações sociais em torno da Lagoa de Santa Teresa.

Recentemente, a descoberta de artefatos arqueológicos pré-coloniais no município, no contexto das lagoas naturais, como é o caso da Lagoa de Santa Teresa em Altaneira, tem mobilizado estudiosos e instituições públicas e privadas para ações de resgate, salvaguarda e conservação da significante descoberta.

Neste sentido, a altaneirense, Heloísa Bitú tem articulado parceiros em potencial para mútua cooperação de natureza financeira, cultural e técnico-científica para execução de um projeto no âmbito do licenciamento arqueológico para o resgate do Sítio Alto da Lagoa de Santa Teresa.

A Prefeitura Municipal de Altaneira assinou um termo de cooperação com a pesquisadora articuladora, juntando-se a outras instituições como a Fundação Casa Grande e a A&R Arqueologia, Consultoria e Produção Cultural nas atividades de salvamento do acervo identificado.